Prefeitura acerta parceria para testar larvicida contra Aedes aegypti na Capital
16 de março de 2016

O combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya, ganhou reforço na Capital. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) fechou uma parceria com o Grupo FK-Biotecnologia para projeto piloto de aplicação do primeiro larvicida biológico para uso doméstico do Brasil. A tecnologia elimina as larvas do mosquito em até 24 horas. O Biovech, aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, foi desenvolvido pela empresa de biotecnologia e nanotecnologia Neovech, do grupo FK-Biotec. O prefeito José Fortunati aprovou o teste do produto que, dependendo do resultado, poderá ser incorporado pelas equipes que combatem o mosquito. A ideia, agora, é formar um grupo de trabalho para fazer um mapeamento dos bairros que irão receber a aplicação. A ideia é testá-lo em um ou dois bairros e, depois de 30 dias, conferir os resultados. No dia 23 de março, às 14h30min, ocorrerá a primeira reunião técnica do grupo. O produto é biológico e não agride o meio ambiente. Ele mata as larvas do mosquito sem deixar resíduos tóxicos, sendo inofensivo a seres humanos, animais e plantas.

Para saber mais clique aqui.

NEOVECH - Feevale TechPark - Zona Industrial - Alameda da Inovação 270 - Sala 003 - CEP 93700-000 - Campo Bom - RS © 2015 NEOVECH - Todos os direitos reservados | Sitemap